IFB e Embaixada planejam ações de apoio ao Sudão

Assessora de Relações Internacionais do IFB, Edna Carvalho de Azevedo, Wilson Conciani e Patricia Lima.

O reitor do IFB, Wilson Conciani,  recebeu nesta segunda-feira (12) a nova embaixadora brasileira na República do Sudão, Patricia Lima.  Conversaram sobre projetos já desenvolvidos pelo IFB no país africano e parcerias para o futuro. Desde 2015, 36 professores sudaneses receberam formação no curso de Agropecuária ofertado pelo IFB junto com outros IFs.

Conciani destacou o compromisso da rede federal de educação profissional e tecnológica em ajudar a reconstruir o Sudão, que passou por longo período de guerra civil, mas tem uma história riquíssima e um povo maravilhoso. “Decidimos, conjuntamente, que o foco inicial será projetos nas áreas de agricultura familiar, empoderamento feminino e juventude”, explicou o reitor.

A embaixadora, que deve assumir o posto no próximo mês, foi presenteada com um livro sobre o Programa Mulheres Mil, experiência desenvolvida na rede federal que já formou e capacitou milhares de mulheres em situação de vulnerabilidade em todo o Brasil.

GT prepara diretrizes para avançar institucionalização da EaD na rede federal

O Grupo de Trabalho (GT) que discute a Institucionalização da Educação a Distância (EaD), vinculado ao Fórum de Dirigentes de Ensino (FDE), prepara documento com diretrizes e orientações com vistas à consolidação da EaD na Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica.

Durante dois dias de encontro presencial (6 e 7/11), no Instituto Federal de Brasília (IFB), o GT atualizou o panorama da EaD. Os dados de 2018 já refletem a expansão da oferta de cursos por esforço próprio e a redução de cursos exclusivamente financiados pelo Governo. O grupo também iniciou discussão sobre legislação, motivado especialmente pela atualização, nos últimos dois anos, das normativas nacionais que regem a EaD.

Um dos objetivos do grupo é avançar nas discussões sobre modelos e metodologias de cursos a distância, tais como os integrados à modalidade presencial (híbridos) e o MOOC (Massive Open Online Course). De acordo com a diretora da EaD no IFB, Rute Bicalho, “temas como os parâmetros institucionais, credenciamento e atendimento dos polos presenciais, assim como esforço e mobilidade docente, perpassam as reflexões”. O GT também pretende dialogar com organizações que já trabalham com EaD no Brasil, como a ABREUM e a UNIREDE.

Documento — O reitor do IFB, Wilson Conciani, destacou a importância de os Institutos Federais institucionalizarem a EaD, independentemente de programas federais pontuais. “Uma maior oferta da Educação a Distância significa mais inclusão, pois permite acesso remoto de qualquer lugar, e menos evasão, devido à flexibilidade no formato dos cursos”, disse. Conciani defendeu ainda que o modelo de EaD para ter sucesso precisa compreender como agem e como pensam as novas gerações, que nasce conectada e prima pela interatividade em suas rotinas.

O GT ainda fará duas reuniões via webconferência para consolidar o primeiro produto, que deverá ser entregue ao CONIF ainda em dezembro.

Estudantes selecionados para intercâmbio recebem orientações

Os nove estudantes de graduação do Instituto Federal de Brasília (IFB) que foram selecionados, via edital, para intercâmbio acadêmico em Portugal receberam nesta segunda-feira (5) orientações gerais sobre a viagem. Os intercambistas cursarão um semestre acadêmico no Instituto Politécnico de Bragança (IPB), no período de fevereiro a julho de 2019. Os selecionados receberão auxílio de R$ 14 mil para custeio de passagens, hospedagem, transporte interno, seguro viagem e alimentação.

Os selecionados desenvolveram um plano de estudos individual, conforme a área do seu curso. “O objetivo é possibilitar a continuidade de seus estudos e agregar conhecimentos de sua área específica”, explica a assessora de Relações Internacionais do IFB, Edna Carvalho de Azevedo.

Parceria – O Instituto Politécnico de Bragança é uma instituição pública de ensino superior localizado na cidade de Bragança, região de Trás-os-Montes, Nordeste de Portugal. O IPB conta com sete mil estudantes e oferta cursos nas áreas de Educação, Agrária, Tecnologia e Gestão, Comunicação, Administração, Turismo e Saúde.

IFB e Cetefe alinham parceria para beneficiar estudantes com deficiência

Uma parceria do Instituto Federal de Brasília (IFB) com a Associação de Centro de Treinamento de Educação Física Especial (Cetefe) poderá beneficiar estudantes com deficiência, suas famílias e os servidores que atendem este público. No primeiro semestre deste ano, 236 alunos com algum tipo de deficiência estavam matriculados nos diversos cursos ofertados pelo IFB. Os detalhes de como funciona o trabalho dos profissionais do Cetefe foi apresentado na última semana para gestores da Reitoria e para diretores-gerais.

A pró-reitora de Extensão do IFB, Cristiane Salgado, destacou que a viabilização do trabalho conjunto aumentará a capacidade do Instituto em manter estudantes com deficiência em sala de aula. De forma experimental, o Cetefe já realizou laudo funcional de 50 alunos do IFB. Esse relatório, explica Cristiane, é rico nas especificidades e características individuais dos estudantes, facilitando o atendimento, o acompanhamento e auxiliando os docentes na parte pedagógica. “Além disso, a parceria envolve ensino e aprendizagem, uma vez que o IFB, por meio dos estudantes e docentes, desenvolveria tecnologias assistivas para utilização no Cetefe”, disse Cristiane.

O Centro ainda disponibilizaria academia, reabilitação para estudantes com deficiência e apoio às famílias. Já existe acordo de cooperação entre as duas instituições, o que facilita ainda mais a parceria.

IFB participa de Jornada sobre assistência técnica em Habitação de Interesse Social

Abertura da JATHIS 2018 no campus Samambaia

Pesquisa do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil constatou que mais de 85% dos brasileiros constroem e reformam sem orientação de arquitetos e urbanistas ou engenheiros. Diante desta realidade e também para fazer valer a legislação de 2008, que garante a famílias de baixa renda o acesso gratuito ao trabalho técnico de profissionais especializados, diversas entidades promoveram, de 29/10 a 1º/11, a II Jornada de Assistência Técnica em Habitação de Interesse Social (Jathis), no campus Samambaia do IFB.

O reitor do IFB, Wilson Conciani, destacou que a instituição é parceira de todos que “lutam por moradia digna e inclusão social”. Informou que o IFB vai trabalhar para implantar um escritório de assistência técnica no campus Samambaia, que já conta com o curso técnico em Edificações.

Extensão — A jornada tomou forma a partir de uma proposta realizada em 2015 para as Instituições de Ensino Superior (IES) de Brasília em torno de um Escritório Modelo de Assistência Técnica como um projeto de extensão. A idealização do evento é da Associação Brasileira de Ensino de Arquitetura e Urbanismo (ABEA) e do Instituto de Arquitetos do Brasil, Departamento do Distrito Federal (IAB/DF), com várias outras instituições parceiras.

Vamos juntos construir o PDI do IFB

Somente com grande participação da comunidade acadêmica e externa teremos um Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI), ciclo 2019 – 2023, conectado com a realidade e capaz de atender às exigências do mercado de trabalho e da sociedade. A afirmação é do reitor do IFB, Wilson Conciani. “Participe na construção do IFB do futuro: inclusivo, plural e democrático”, destaca.

📌Confira as datas e locais e contribua com suas ideias: https://bit.ly/2RVzUyi

Campus Party pode contribuir com avanço do ensino em TIC

O reitor do Instituto Federal de Brasília, Prof. Wilson Conciani, esteve nesta quinta, 28, na Campus Party Brasília conversando com os estudantes campuseiros do Instituto que participam das atividades e dialogando com empreendedores da área tecnológica.

“É importante aproveitarmos esta oportunidade para nos aproximar de empreendedores  na linha de frente do desenvolvimento tecnológico, coletando, por exemplo, contribuições na atualização dos nossos currículos, para que sejamos capazes de aportar mais empregabilidade para nossos estudantes”, avaliou.

IFB firmará acordo de cooperação com o DFTRANS

O reitor do Instituto Federal de Brasília, Prof. Wilson Conciani, foi recebido pelo diretor-geral do DFTrans – Transporte Urbano do Distrito Federal , Marcos Tadeu, e pelo Diretor Técnico, Guilherme Fernandes, nesta segunda-feira, 25 de junho.

Como decisão conjunta ficou acertado que será celebrado acordo de cooperação entre as instituições para que o DFTRANS disponibilize para o IFB os passes estudantis, conforme acontece com a Rede Pública de Educação do GDF. Assim, os estudantes serão atendidos mais rápida e direta. A previsão é a de que já no próximo semestre esta solução esteja em prática.

​Também foi entregue em mãos ao diretor do DFTRANS, ofício detalhando demanda específicas de cada campi do IFB, como a solicitação do reposicionamento de faixas de pedestres e pontos de ônibus, implantação de sinalização vertical e horizontal, ampliação de linhas circulares nos horários de entrada e saída e carregador de bicicletas nos coletivos. Sobre estes pedidos, foi designada uma equipe técnica conjunta para o estudo de viabilidade.

TV Câmara pode ser parceira do Campus Recanto das Emas

O presidente da Câmara Distrital, Joe Valle, visitou também na manhã desta sexta, 15 de junho, o Campus Recanto das Emas.

Ele conversou com os estudantes e ficou entusiasmado com o “brilho nos olhos” dos alunos. Entre as possíveis parcerias com a Unidade, projetos com a TV Câmara e o curso Técnico em Produção em Áudio e Vídeo.

O deputado foi recebido pelo reitor do IFB, Prof. Wilson Conciani, e pelo diretor-Geral do Campus, Prof. Germano Cruz.