Na UNB olhando para a crise (e saídas para ela)

A UNB, dentro de suas características acadêmico-científicas, promoveu encontro para discutir “Olhares para a Crise” na perspectiva de enxergar alternativas de saída, na Faculdade de Direito.

Um enorme – no sentido da grandiosidade da proposta – desafio que reuniu os professores/cientistas Bresser Pereira (FGV), Maria Lúcia Fatorelli (Auditoria Cidadã da Dívida) e Nelson Barbosa (FGV / UNB).

Com foco na Economia, mais pormenorizadamente na política monetária (taxa de câmbio/juros) e fiscal, o encontro apontou para um aprofundamento das dificuldades socioeconômicas (desemprego, estagnação, cortes investimentos sociais etc) a serem mantidas as atuais políticas públicas.

Na expressão da Professora Maria Lúcia, com uma intencionalidade quase visceral para “não permitir que o povo goze das benesses da riqueza brasileira”. Unânime que o problema não é déficit de capital, mas a prioridade que tem se definido a ele: acumulação da riqueza pelo setor financeiro. Para mudar é preciso, verdadeira e definitivamente, adotar políticas públicas que permitam a retomada do crescimento que combine (re)distribuição de renda, garantindo educação, infraestrutura, investimentos, taxas de câmbio e juros reais, de sorte a permitir o cumprimento do papel do Estado em uma economia capitalista.

Um comentário sobre “Na UNB olhando para a crise (e saídas para ela)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *